Representações visuais de sentimentos servem como ponto de partida para produção literária

As aulas de linguagem promovem, por meio de leitura compartilhada e de uma série de atividades orais e escritas, o uso criativo da língua, a compreensão de textos e a expressão verbal. Esse trabalho inclui a construção de um vocabulário mais refinado de sentimentos e comportamentos, feito a partir das histórias e de exercícios diretos [...]

Representações visuais de sentimentos servem como ponto de partida para produção literária

As aulas de linguagem promovem, por meio de leitura compartilhada e de uma série de atividades orais e escritas, o uso criativo da língua, a compreensão de textos e a expressão verbal. Esse trabalho inclui a construção de um vocabulário mais refinado de sentimentos e comportamentos, feito a partir das histórias e de exercícios diretos – como o uso de cartas com representações visuais de conceitos complexos.

As cartas do projeto Imagem e Conceito, criadas para auxiliar no desenvolvimento da linguagem e da inteligência emocional, serviram, durante as aulas, como complemento a outra atividade, em que as crianças do quinto ano aprenderam sobre árvore genealógica, pesquisaram e discutiram sobre seus antepassados.

As cartas foram distribuídas e os sentimentos retratados nas figuras foram identificados e relacionados com as situações trazidas nas aulas anteriores. Depois, as crianças produziram textos centrados nesses sentimentos, contando histórias reais ou inventadas que as fizeram refletir, se colocar no lugar do outro e se expressar.

Mais informações sobre o trabalho com as cartas podem ser acessadas pelo site da autora, por meio deste link.