Educação e Meio Ambiente

Como atividades na natureza podem despertar a consciência ambiental das crianças no contexto escolar e urbano. [Leia mais...]

Educação e Meio Ambiente


Germinar feijão, enterrar resíduos orgânicos na composteira, plantar, colher, aprender sobre botânica, corpo humano, sobre o solo, água, desenvolver projetos sobre o bairro onde moram, experimentar alimentos novos e naturais. Essas e muitas outras atividades que acontecem no Tistu são marcadas por um tema de grande relevância no mundo contemporâneo: o meio ambiente. A questão ambiental é um tema complexo que está muito além das disciplinas escolares. É uma questão social emergente, principalmente nos grandes centros urbanos aonde consumo, produção de lixo e poluição dos rios continuam sendo pautas do cotidiano. Em nossa escola, a questão ambiental acontece de diferentes formas, tanto em atividades pontuais como horta e e brincadeiras ao ar livre, como em projetos organizados pelos alunos e professores.

Em entrevista ao nosso Blog a educadora ambiental Claudia Sperandio, que desenvolveu um projeto no ensino fundamental do Tistu em 2016, ressaltou que a questão ambiental é multidisciplinar e que sempre vai abordar temas que reconhecem a coletividade. “A educação ambiental não representa apenas a Natureza, em si, mas também como lidamos com ela. Então, quando falamos dos diferentes ambientes utilizados na escola ou mobilidade urbana, por exemplo, falamos de educação ambiental. Assim, vamos nos percebendo naturalmente, de que estamos inseridos num ecossistema. ” ressalta.

 

Aulas ao ar livre

O contato com a natureza é fundamental para que a crianças tomem consciência de que somos parte dela. Estudos científicos demonstram que se a criança brincar no mínimo meia hora integrada à natureza, ela produz hormônios da felicidade. Nas três unidades do Tistu as atividades ao ar livre acontecem frequentemente. No maternal, por exemplo, os pequenos colocam as mãos na terra brincando de jardinagem e durante os períodos de sol brincam no quintal da vó nenê.

No Tistu 2, há muitas brincadeiras nos parquinhos, aulas de educação nutricional com feiras orgânicas e atividades de educação artística. Já no ensino fundamental, o ambiente oferece um amplo bosque, com galinhas, patos, tartaruga, horta, um espaço que todos conhecem como Agrofloresta.  Rodeado de área verde, volta e meia tem um professor com um grupo de crianças fazendo experimentos como, por exemplo, as aulas de horta com professor Amilton ou aulas de ciências com  o professor Artur. Conforme lembra o professor de ciências, a educação ambiental é um processo contínuo de aprendizagem tanto no ambiente escolar como na rotina diária em casa. “ Aqui nas aulas de ciências trabalhamos física, química, energia, água, solo, compostagem, corpo humano, e também conversamos  sobre temas importantes como a produção e destinação do lixo, o uso e produção de plástico no mundo, tema levantando neste ano pela ONU no último dia 5 de junho – Dia Mundial do Meio Ambiente”, reforça. O professor ressalta que juntando os conteúdos multidisciplinares somado às experiências e diálogos na comunidade e famílias vai facilitando para que as crianças se tornem adultos mais conscientes e críticos com relação ao consumo e a preservação do meio ambiente.

 

Educação ambiental bilíngue

Dentro do programa bilíngue Tistu Yard as crianças aprendem inglês também desenvolvendo ações em prol do meio ambiente. Segundo a professora Sêmele, “o principal objetivo é fazer com que as crianças percebam a natureza e o ambiente ao redor delas e entendam a importância deles em nosso dia a dia. “Fazemos tudo isso em inglês para que elas aprendam o idioma através de atividades lúdicas e que despertem o interesse delas tanto pela natureza, quanto pelo idioma”. Alguns exemplos de atividades que os alunos fizeram recentemente foram a coleta de algumas amostras de solo da nossa floresta para um experimento, coleta de folhas de diferentes espécies vegetais para uma montagem, na qual trabalhamos a importância da diversidade de  espécies e a percepção de inúmeras formas e texturas que podemos encontrar na natureza, plantas alimentícias, entre outros.