Criatividade e trabalho em equipe para contar a História do Brasil de forma interdisciplinar

As turmas do fundamental já deram início ao desenvolvimento do projeto que irá resultar, no final do ano, em uma grande feira aberta às famílias. Os trabalhos serão todos inspirados na obra Aventuras de Tibicuera, em que Érico Veríssimo parte dos relatos pessoais de um índio para contar, de forma criativa e esclarecedora, um importante [...]

Criatividade e trabalho em equipe para contar a História do Brasil de forma interdisciplinar

As turmas do fundamental já deram início ao desenvolvimento do projeto que irá resultar, no final do ano, em uma grande feira aberta às famílias. Os trabalhos serão todos inspirados na obra Aventuras de Tibicuera, em que Érico Veríssimo parte dos relatos pessoais de um índio para contar, de forma criativa e esclarecedora, um importante capítulo da história do nosso país – a chegada dos portugueses.

Cada nível irá abordar uma parte da história de uma forma diferente, construída em conjunto pelas crianças e seus professores. A leitura da obra está sendo feita em conjunto, oralmente, pelas turmas do quinto ano durante as aulas de linguagem. Dentro do mesmo tema, o quarto ano está lendo a Turma do Sítio no Descobrimento do Brasil.

O primeiro ano está preparando formas de apresentar a vida dos índios antes da chegada dos portugueses, trazendo um pouco de seus hábitos e sua rica cultura. O segundo irá abordar as mudanças que os primeiros portugueses trouxeram, influenciando de diversas formas os povos que aqui viviam.

O terceiro irá demostrar a chegada dos negros e sua relação com os índios. Os alunos do quarto irão preparar uma demonstração da chegada da família real ao Brasil, enquanto o quinto irá explorar a busca por novas terras e novos produtos, o que motivou nossos colonizadores a se tornarem grandes navegadores.

Muito mais que ensinar a História, o projeto envolve o estudo e uso da linguagem e de importantes conceitos geográficos e culturais, além do desenvolvimento de habilidades sociais e criativas, com a idealização e realização de trabalhos em equipe.

A Trupe do Tistu também fará uma apresentação durante o evento, que irá concluir as atividades do ano de uma forma interdisciplinar, integrada e muito envolvente.

As fotos abaixo são do primeiro contato das crianças com o projeto, quando as turmas sortearam palavras em tupi-guarani para dar início ao processo de pesquisa dos temas.