Brincadeiras, reflexões e observação como formas de aprender sobre o corpo

As aulas práticas têm o intuito de estimular os alunos a prestar mais atenção em características do corpo como lateralidade, simetria e equilíbrio. As crianças também são levadas a perceber melhor o próprio corpo e refletir sobre os movimentos e sua constituição.

Brincadeiras, reflexões e observação como formas de aprender sobre o corpo

Para complementar a aprendizagem em sala, os alunos do segundo ano estão participando de uma série de dinâmicas nas aulas de laboratório com o professor Arthur.

O conteúdo foi introduzido com uma pergunta: como é o seu corpo? A partir das respostas, elaboradas pelos alunos depois de refletirem um pouco, a turma trocou informações sobre as partes do corpo e suas funções, do que é constituído e outras questões que foram surgindo na conversa.

Com o intuito de estimular os alunos a prestar mais atenção em características como lateralidade, simetria e equilíbrio, uma das práticas promovidas envolveu o equilíbrio de um lápis enquanto seguiam alguns comandos. Depois, conversaram sobre as diferenças entre os corpos e seus limites.

Em outra dinâmica, chamada “espelho”, as crianças foram levadas a perceber melhor o próprio corpo e refletir sobre como ele pode se movimentar e o que é envolvido nesse processo. A aula prática também estimulou a observação e interação com o esqueleto no laboratório da escola. Ali eles aprenderam sobre os diversos ossos, músculos e a função dos principais órgãos do corpo.